Menu Carrinho
2
FAQ pt

São Francisco

Top Museus em São Francisco

Economize 42% nos ingressos para as melhores atrações em San Francisco, mais um número ilimitado de passeios nos teleféricos com CityPASS.

De coleções de arte mundiais a exposições científicas interativas e tudo o que você sempre quis saber sobre sistemas de teleférico, San Francisco tem um cenário de museus diversificados. Onde mais existe um aquário, uma floresta tropical, um planetário e um museu de história natural em um único local? Além das exposições, muitos dos museus oferecem vistas deslumbrantes da baía e os melhores parques da cidade. Aqui estão as paradas nos museus mais icônicos para incluir no seu itinerário.


Exploratorium

Tem maneira melhor de aprender e absorver a informação que você está vendo do que ser capaz de interagir com ela? No Exploratorium em San Francisco, os visitantes podem fazer exatamente isso.

O Exploratorium tem mais de 600 exposições interiores e exteriores interativas criadas pela equipe de cientistas e artistas. Foi caracterizado como "Um Penny Arcade de um cientista louco, um parque de diversões científico, e um laboratório experimental, tudo em um" (Revista 7x7).

Fato engraçado
O Exploratorium foi o primeiro museu de ciência que abriu uma página na web. Ele foi lançado em dezembro de 1993. O Exploratorium teve um impacto tão grande sobre a aprendizagem que 80% dos centros de ciência em todo o mundo têm usado, ou estão usando exposições, programas ou ideias do Exploratorium em seu trabalho.

O que fazer
Com seis galerias para explorar, há uma exposição interativa para todos. Mesmo que você não seja um cientista, você provavelmente tem algumas perguntas sem resposta sobre o mundo, sobre fenômenos científicos, ou ambos. O Exploratorium é susceptível de responder a pelo menos uma dessas perguntas ardentes.

Na Galeria Ocidental Bernard e Barbro Osher, os visitantes podem mergulhar nos mistérios da memória humana, emoção, bom senso e percepção. O Tactile Dome é uma exposição envolvente, que permite aos visitantes que explorem e tracem seu caminho através de uma série de texturas na escuridão total, usando apenas o seu sentido de toque como guia. É necessário fazer reservas visto que esta exposição está em constante alta demanda. Para os titulares do CityPASS, os preços dos bilhetes para o Tactile Dome são reduzidos para US $ 15.

Porque cada galeria dentro do Exploratorium é tão diferente da outra, que fica difícil determinar a "melhor" exposição. Na Galeria Central Bechtel, os visitantes podem explorar a vista e os sons, com várias exposições únicas, como "Bright Black", onde os visitantes são levados a acreditar que um objeto é branco antes de descobrir que o objeto é, na verdade, escuro. O Tinkering Estúdio na Galeria do Sul tem sido uma das exposições mais populares para crianças e adultos, permitindo que os visitantes se envolvam em atividades como oficina de hands-on. Os visitantes podem construir, cortar, transformar e experimentar - e as atividades estão sempre mudando.

Há seis galerias diferentes, cada uma com foco em um campo diferente: comportamento social, tato, visão e luz, o mundo dos vivos, o ambiente local e fenômenos globais, do vento, da água e marés. É fácil passar um dia inteiro no Exploratorium!

Pesquise antes de ir
para aproveitar ao máximo a sua visita, planeje passar o dia inteiro lá, e você terá a chance de mergulhar de cabeça em cada uma das galerias. Os adultos podem curtir o "Exploratorium After Dark" um evento estritamente para maiores de 18 que é realizado na primeira quinta-feira de cada mês das 18h - 22h. Neste evento especial, os adultos podem saborear um cocktail e se envolver em apresentações científicas e artísticas inovadoras e interativas.

California Academy of Sciences

A Academia de Ciências da Califórnia é uma experiência totalmente imersiva que leva os visitantes através de uma floresta tropical, um mar azul profundo e das estrelas brilhantes do universo.

A Academia de Ciências da Califórnia abriga mais de 26 milhões de exemplares e é um dos maiores museus de ciência natural do mundo. A Academia de Ciências da Califórnia também é uma instituição de ensino de renome conhecida por seus programas inovadores. Este museu é o único lugar no mundo a combinar as maravilhas de um aquário, planetário e museu de história natural no mesmo local.

Fato engraçado
Mais de 40.000 animais habitam a Academia de Ciências da Califórnia. Foi fundada em 1853, três anos logo após a Califórnia ter ganhado o estatuto de Estado, e foi reconstruída em 2008 para incluir um telhado que fornece um habitat para plantas nativas. Claraboias deixam entrar a luz natural no museu.

O que fazer
Animais trazem sorrisos aos rostos das pessoas. Alguns personagens adoráveis tem feito da Academia de Ciências da Califórnia a sua casa e são parte da grande experiência educacional que a Academia oferece aos visitantes de todas as idades. Alimentação de pinguins são eventos recorrentes na Academia. Veja como um biólogo alimenta estas criaturas magníficas e participe de uma sessão educacional de perguntas e respostas. Este evento é ótimo para crianças e adultos.

O Osher Rainforest é um refúgio frondoso de quatro andares que leva os visitantes numa viagem através da vida colorida que habita na floresta tropical. Pássaros exóticos, anfíbios selvagens e enormes peixes amazônicos são alguns dos grandes destaques desta fantástica exposição. Uma vez dentro da cúpula, os visitantes poderão ver um exuberante trecho de 27m de floresta tropical ao olhar para cima. O caminho em espiral no interior leva os visitantes por de três ecossistemas de floresta tropical diferentes. O primeiro ecossistema é um assoalho da floresta de Bornéu, o segundo é mais ou menos como Madagascar, e o terceiro é um dossel da floresta da Costa Rica. Após explorar o topo, você pode entrar num elevador abaixo da superfície do solo da floresta para ver a Amazônia inundada. Uma vez lá, você pode ver a luz acima de você que brilha através da água e sobre as escamas dos peixes da Amazônia.

Entre na Casa do Tremor para sentir como foram os dois maiores terremotos de São Francisco - o terremoto Loma Prieta, de magnitude 6.9 e o Grande Terremoto de São Francisco, de magnitude 7.9, em 1906.

Saiba antes de viajar que s
e você planeja para ver um show no Planetário, reserve o seu show no momento da chegada. Procurando por uma experiência ainda mais pessoal? Participe do passeio do tour dos bastidores e compreenda o papel da Academia na pesquisa, exploração científica, e dedicação à educação enquanto você se aprofunda um pouco mais no coração do museu, aquário e floresta tropical. Os adultos podem desfrutar de uma noite no museu cheia de música, criaturas e cocktails toda quinta-feira de 18h às 22h.6:00 às 10:00 hs. Ah, e mande um oi a Claude, o jacaré albino.

de Young Museum

Localizado no Golden Gate Bridge Park de San Francisco, o de Young Museum é uma atração maravilhosa, repleto de obras de arte mundial. Desde uma extensa coleção de arte americana dos séculos 17 ao 20, até obras premiadas de artistas índios e afro americanos, o de Young Museum oferece aos visitantes uma experiência enriquecedora e inspiradora. O próprio edifício é uma obra para se ver, uma vez que se mescla ao ambiente natural do parque e incorpora elementos históricos dos edifícios mais antigos para o novo design.

Fato engraçado
As coleções de Young foram realocadas duas vezes devido a desastres naturais. O grande terremoto de 1906 causou grandes danos ao edifício original, e o terremoto em 1989 de Loma Prieta resultou na criação de uma instituição inteiramente nova, de financiamento privado que seria estruturalmente segura e atenderia às necessidades das crescentes coleções internas. A fachada do novo edifício é composta de 950.000 libras de cobre, 300,000 lbs. de vidro, e 7.200 painéis de cobre com 1.500.000 relevos.

O que fazer
Com tantas exposições temporárias no de Young, há sempre algo novo para ver. O museu é o principal na Costa Oeste com sua coleção de roupas e tecidos americanos e africanos. O que faz de Young único é a organização das coleções. Ao invés de organizar as peças em uma coleção por localização geográfica, várias obras de arte de todo o mundo estão reunidas em coleções baseadas em um tema unificador. Desta forma, os visitantes podem ver o significado das peças, bem como semelhanças com outras peças de arte de diferentes regiões do globo.

A coleção de pinturas americanas, bem como a coleção de arte africana, são exposições populares dentro do de Young Museum. A coleção de arte Africana aumentou substancialmente desde o seu início. O que antes era uma seleção de obras expressionistas inovadoras é agora uma impressionante coleção que exibe trabalhos suficientes para unificar as peças tematicamente. As pinturas americanas cobrem obras de arte de vários períodos de tempo e regiões das Américas, e estão organizadas cronologicamente. Do colonial nativo americano e espanhol ao neoclássico e impressionista, há muito para ver e ser surpreendido no museu de Young. Para aqueles que procuram uma excursão ao ar livre, o jardim de esculturas é uma maneira agradável e tranquila de apreciar arte fora das paredes do Museu. O jardim apresenta as esculturas de esfinge originais do museu de Young, bem como a Piscina do Encantamento.

Visite a Torre Harmon (com nove andares) para vistas panorâmicas. Daqui, você consegue ver a Ponte Golden Gate, o telhado vivo da Academia de Ciências da Califórnia, e uma vista diferente de qualquer outra em San Francisco.

Informações antes da viagem:
Visite às quartas-feiras entre 13h e 17h e conheça os artistas, um evento gratuito em um estúdio de trabalho artístico. Há também programas infantis para os entusiastas mais jovens e noites de sexta-feira de Young para os entusiastas adultos, onde há comida e cocktails estão à venda. O museu fica fechado geralmente às segundas-feiras, com algumas exceções. Confira o calendário para horários especiais. Existem passeios para audio disponíveis nos quiosques de passeio de audio.

Legion of Honor

Localizado no coração de Lincoln Park de São Francisco, o Legion of Honor Museum brilha por dentro e por fora com 4.000 anos de arte europeia antiga, arquitetura neoclássica francesa brilhante, robustas estátuas e uma vista inigualável da ponte Golden Gate e da paisagem urbana da cidade.

O de Young e o Legion of Honor se juntam para criar a instituição Fine Arts Museums of San Francisco. O Legion of Honor foi construído para homenagear os soldados californianos que morreram na Primeira Guerra Mundial, e é uma réplica da Légion d'Honneur, em Paris.

Fato interessante
O de Young e o Legion of Honor se juntam para criar a instituição Fine Arts Museums of San Francisco. O Legion of Honor foi construído para homenagear soldados californianos que morreram na Primeira Guerra Mundial e, como uma réplica de The Legion of Honor, possui uma das maiores coleções de desenhos e gravuras nos EUA e é o museu destaque no filme "Um Corpo que Cai", de Hitchcock. A famosa estátua que fica em frente ao Museu, O Pensador, de Auguste Rodin, não é a versão original, mas uma de muitas. Rodin encomendou o trabalho de Henri Lebosse, sob sua supervisão. Existem, de fato, vários pensadores pelos Estados Unidos e outros espalhados por todo o mundo, assim, quase todos os cantos do globo possuem o seu próprio exemplar.

O que fazer
na Legion of Honor: existe uma galeria dedicada especificamente às várias obras de Rodin, incluindo mais de 100 esculturas. E dentro da Galeria Rodin está o Skinner Organ, um órgão tubular construído para imitar os sons de uma orquestra, sem a necessidade de vários músicos. A música é vigorosa e preenche os tetos altos e o amplo espaço do Museu. Os visitantes podem desfrutar de um concerto gratuito realizado todos os sábados e domingos às 16:00, enquanto apreciam a magnífica arte. Músicos tocam de tudo, desde Bach a trilhas sonoras de filmes de Hollywood e cada concerto ressoa pelo ar do grande museu.

A coleção do Legion of Honor é composta por mais de 124.000 obras de artistas de renome mundial, tais como Renoir, Monet, Picasso, Degas, Van Dyck, Rembrandt, Hals, Rubens, Van Gogh, Cézanne, Gainsborough e El Greco. As artes decorativas europeias, arte antiga do Mediterrâneo, impressionantes esculturas e pinturas e a vasta coleção de desenhos em papel colocaram o Legion of Honor na lista ao lado de alguns dos melhores museus do mundo. As pinturas clássicas e outras variadas obras de arte são ainda mais memoráveis quando penduradas em paredes em um edifício maravilhosamente concebido sobre um terreno com vista deslumbrante.

Informações antes da viagem
Faça um tour docente gratuito de terça a domingo. Para uma experiência interativa e educativa, baixe o aplicativo. Ele proporciona aos seus visitantes um mapa detalhado em 3D, que guia os visitantes por meio da coleção cronológica, oferecendo dados e informações interessantes ao longo do caminho.

SFMOMA

San Francisco lives and breathes art, and modern art emulates the spirit of San Francisco. And so, the recently expanded SFMoMA, the California equal to its New York big sister, is the collective home of all things modern art.

After nearly three years of being closed for renovations, the new SFMoMA is a one-of-a-kind Museum complete with a 235,000 square foot addition and over seven floors of gallery space, making the SFMoMA the largest museum in Northern California and one of the biggest in the world.

Fun Fact
The new building includes 45,000 square feet of space that’s free for the public to access. This makes SFMoMA a vital cultural and social hub of art in the heart of San Francisco. It’s also the first museum on the West Coast to be devoted entirely to modern and contemporary art, opening back in 1935.

What to Do
The SFMoMA has been applauded for its excellent curation and organization. The seemingly infinite open space, sophisticated architecture, and unique collections make SFMoMA one of the best museums in the world. Some visitors have claimed that after renovation, the SFMoMA is even better than its New York contemporary.

Temporary exhibits expose lesser-known artists to the public eye. However, SFMoMA's permanent collection brings together the beloved work of such artists as Chuck Close, Andy Warhol, Frida Kahlo, Roy Lichtenstein, and many others. But perhaps the SFMoMa's most prized permanent feature is its Living Wall. The Living Wall is a combined force of art and nature, inspiring creativity with the varied colors and textures in horticulture but also providing visitors with a beautiful break from the enclosed walls of the museum. The Living Wall is made up of several different plant species. Each section of the wall features different plants, and with nature’s habit of cyclical change, the wall is unlikely to be the same one visit to the next. Unlike a painting, the Living Wall is always moving. While you explore the grand space of SFMoMA, find the time to take a lush respite outside and gaze at the green wonders of the Living Wall.

Inside, you'll see the largest gallery, research, and interpretive space devoted to photography of any art museum in the United States. You'll also see works by San Francisco natives, and a 200-ton sculpture called "Sequence" that the new building was designed around.

Know Before You Go
For those who are unsure of the world of modern art and would like a "sample" before diving in, the first two floors of the SFMoMA are free to explore. Take a 45-minute guided tour of the museum free with admission. Dozens of visitors to the SFMoMA have recommended downloading the amazing SFMoMA app and exploring the space on your own. The audio in combination with the indoor tracking and positioning technology tell visitors about every piece of art they come across in the museum. With a variety of renowned hosts, visitors can also take an immersive narrative through the museum. There are also regular live performances at SFMoMA.

Cable Car Museum

San Francisco is visualized by outsiders as the hilly, foggy city with the Golden Gate Bridge and iconic cable cars. Nothing shouts "San Francisco" quite as loudly as the Cable Car Museum. It's the only place in the world where you will get the chance to explore the historic transportation that draws visitors to the city each and every year.

Before the 20th century, all of the railroad companies had a combined 53 miles of track stretching across the Bay Area. But in 1906, the Great Earthquake and Fire destroyed most of the city. As the city was slowly brought back from the ashes, the electric streetcar became the favored mode of transportation as it was easier and cheaper to build and maintain, and faster all around. The Cable Car Museum is dedicated to this most-loved mode of transportation.

Fun Fact
In 1947, the city’s then-mayor declared that all cable car lines should be eradicated because every other means of transportation (mainly buses) were less expensive by comparison. But Friedel Klussmann could not accept that. She founded the Citizens’ Committee to Save the Cable Cars. The committee was able to prove to the City of San Francisco that the value of the cable car outweighed their operational cost. And she was right. San Francisco's cable cars are the last working system of their kind in the world, making them both a fun tourist attraction and functional way to move around the city.

What to Do
The history of the cable car in San Francisco is fascinating. Within the museum are various artifacts and photographs that take visitors on a timeline from conception to reality. You'll see old models of cable cars including three antique cable cars from the 1870s. Learn a little bit about the engineering behind the cable cars as you peruse the mechanical devices that power the cable car system.

Almost anyone who has visited the Cable Car Museum is fascinated by the impressive pulley system that is behind it all. From the deck above, visitors witness the engines and wheels at work. Down below, you can witness the cables actually being pulled through the channel under the street. After you’ve learned a little bit about the history and engineering of the cable car, seeing everything come together in mechanical action will make your cable car experience all the more enjoyable.

Know Before You Go
There is always free admission to the Cable Car Museum. It is open every day from 10:00am to 6:00pm April through October, and from 10:00am to 5:00pm November through March. There is a store within the museum where visitors can purchase unique memorabilia pertaining specifically to cable cars. Take home a little bit of history and see why Friedel Klussmann and the committee that fought so hard to keep these beautiful relics up and running.

Agora que você sabe sobre os melhores museus de San Francisco, use San Francisco CityPASS e economize quase metade dos preços de entrada combinados para alguns dos museus listados acima, bem como outras atrações em San Francisco. San Francisco CityPASS inclui um passaporte de 7 dias para Muni e Cable Car, também o ingresso pré-pago para o California Academy of Sciences, um cruzeiro no Blue & Gold Bay Fleet (visitantes que compram o seu San Francisco CityPASS na bilheteria da Cruzeiros de Alcatraz podem substituir uma das viagens da ilha de Alcatraz) A sua escolha entre o Aquarium of the Bay ou Monterey Bay Aquariumou o de Young and Legion of Honor Fine Arts Museums de Honra Museus de Belas Artes ou The Exploratorium. Algumas exposições especiais não estão incluídas no CityPASS e podem exigir uma taxa extra.

O CityPASS pode ser comprado online ou em qualquer uma das nossas atrações participantes em San Franciscoparticipantes. Use o San Francisco CityPASS e descubra os principais museus e coisas para se fazer em San Francisco.

Cable Car Museum Photo Credit
Legião de Honra e imagens do Museu Jovem cortesia do Museu de Belas Artes de São Francisco

San Francisco CityPASS tem uma classificação de 4,7/5 baseada em 2,340 opiniões em números.