Menu Carrinho
2
FAQ pt

Cidade de Nova York

Top Museus em Cidade de Nova York

Guardar na admissão ao topo Cidade de Nova York atrações

Alguns dos melhores museus do mundo estão em New York City. Abrangendo história, artes, cultura e entretenimento, estas instituições de renome educam e inspiram. Quer se trate de um museu de arte internacionalmente reconhecido, ou estabelecimento de ciência ou história, existe algo para todos. Aqui estão os museus mais icônicos para incluir ao seu itinerário.


Museu Metropolitano de Arte

O Metropolitan Museum of Art, conhecido simplesmente como "Met", é um dos maiores museus do mundo e o maior museu de arte nos Estados Unidos. Abrangendo 5.000 anos de arte de todas as culturas do mundo, de esculturas da Grécia Antiga às fotografias americanas modernas, está constantemente no topo das listas de "melhores museus do mundo", tanto de arte quanto em outras categorias. Não é à toa que o Met seja o museu mais visitado nos Estados Unidos!

Curiosidade
O Met consiste, na verdade, de três edifícios distintos: o edifício principal, o Cloisters, e o Met Breuer. Mas é o edifício principal que abriga uma das maiores e mais variadas coleções de arte, hospedando mais de dois milhões de obras em suas coleções permanentes, distribuídas em quase duzentos mil metros quadrados de galerias. Simplesmente não existe uma forma de cortar caminho neste centro cultural, e você pode facilmente passar um dia inteiro aqui! Com o CityPASS, você pode ignorar as filas de entrada e mergulhar totalmente nesta visita sem perder tempo.

O que fazer
A American Wing contém a mais completa coleção de obras de arte americana, incluindo mais de 1.700 pinturas, esculturas, vitrais, e até arquitetura e mobiliário. Passe algum tempo na Charles Engelhard Court, um jardim de pátio fechado com vista para o Central Park.

Uma das atrações mais populares do Met é a Fashion Wing. Exibindo arte além das telas, o Met tem dois andares cheios de história da moda. Nesta exposição única você poderá conhecer um vestido de noiva com cauda de seis metros do conjunto de casamento de Karl Lagerfeld, o contraste da moda costurada com mãos humanas em comparação com uma máquina de costura, e as maneiras exclusivas com que designers trabalharam com tecido ao longo dos séculos. A coleção de moda vai deixar você com uma nova apreciação para a arte do estilo!

Outra exposição que atrai grande entusiasmo é a coleção de armas e armaduras. Dos detalhados e intricados cabos das espadas até os pesados capacetes de cota de malha, a coleção Arms and Armor conta a história profundamente enraizada de batalha e guerra na história humana.

Saiba antes de ir
O Met é um museu enorme, e é fácil se impressionar. Para tornar a sua viagem Met mais divertida e educativa, compre um áudio tour. Você vai descobrir que é muito mais fácil de navegar no museu, e melhor ainda, você vai saber mais da história e do significado histórico por trás de cada obra de arte.

Como um dos museus mais visitados do mundo, ele provavelmente ficará lotado. Vença a multidão e chegue cedo, especialmente se você planeja ver o máximo do museu que puder em uma só viagem. Esta é definitivamente uma aventura de dia inteiro, então planeje com antecedência.

Museu Americano de História Natural

O Museu Americano de História Natural é um dos maiores museus do mundo, contendo mais de 32 milhões de espécimes de animais, vegetais e fósseis. Ele tem até amostras do espaço. No Museu Americano de História Natural, os visitantes têm um vislumbre da fascinante realidade do nosso planeta, a qual é impossível alcançar sem o uso de uma máquina do tempo ou uma espaçonave.

Curiosidade
O Museu Americano de História Natural nem sempre foi uma atração famosa e querida. Nos primeiros anos, o museu correu risco de fechar porque as poucas coleções "curiosas" que foram apresentadas no início foram consideradas chatas demais. Mas, o presidente do museu, Morris Jesup, não era de desistir. Ele se aventurou pela "era de ouro da exploração", com a descoberta do Polo Norte, fósseis de dinossauros e muito mais. Estas descobertas inovadoras aumentaram bastante o valor da coleção do museu, e os visitantes começaram a aparecer.

O que fazer
Um favorito dos fãs dentro do Museu Americano de História Natural é a exposição "Dark Universe", do Planetário Hayden . Em Dark Universe, representações vivas do cosmos se iluminam na escuridão. A equipe de pesquisadores e astrofísicos do Museu Americano de História Natural está apresentando seus dados ao público, mergulhando nos mistérios da energia escura em nosso universo.

No Museu Americano de História Natural, são os vastos salões de dioramas que continuam a surpreender multidões de todas as idades repetidas vezes. Animais empalhados de todos os habitats, a famosa "Lucy", o esqueleto mais completo de um hominídeo feminino e a grande baleia azul que flutua congelada no tempo no oceano azul do primeiro andar, são todas exposições que dão ao Museu Americano de História Natural a sua notoriedade. É também um dos museus mais bem representados na cultura popular, aparecendo na literatura, filmes e programas de TV desde os anos 1970.

Saiba Antes De Ir
Os fãs de Uma Noite no Museu podem curtir um tour autoguiado que apresenta as obras reais que inspiraram ou foram destaque nos filmes. Os visitantes também podem se preparar antecipadamente e usar aplicativos do museu para personalizar os tours e mergulhar nas exposições mais aguardadas. Os shows do espaço são a cada meia hora, os shows em IMAX são a cada meia hora começando às 10:30 e terminando às 16:00, e o museu fica aberto das 10:00 às 17:45 todos os dias (exceto no dia de Ação de Graças e no Natal).

Museu Solomon R. Guggenheim

O museu Solomon R. Guggenheim, conhecido como "The Guggenheim," é bem reputado tanto por sua coleção de arte quanto pela obra-prima arquitetônica do edifício em si. Ele possui uma extensa coleção permanente de arte moderna, impressionista, e abstrata do mundo todo.

Fato interessante
O mestre de arquitetura Frank Lloyd Wright fez a concepção do The Guggenheim e insistiu em estar envolvido no design de cada detalhe do museu. Embora os planos e ideias tenham mudado ao longo do desenvolvimento do museu, foi o projeto final que atingiu o acorde errado para Robert Moses, encarregado de edifícios de Nova Iorque, que insistiu com Wright para mudá-lo. Apesar da insatisfação geral de Moses com o edifício, a maioria das outras pessoas o vê como um prédio moderno e singular no coração de Nova Iorque. Na verdade, o Guggenheim foi designado como Marco Histórico Nacional em 2008.

O Guggenheim foi originalmente chamado de Museu da Pintura Não Objetiva, mas quando o fundador faleceu em 1952, o nome mudou para Museu Solomon R. Guggenheim em sua homenagem.

O Que Fazer
A rampa em espiral dentro do museu permite que os visitantes passeiem em direção circular para ver a arte com um senso de movimento. O espaço excepcional da galeria faz o Guggenheim não só um dos museus mais originais e amados de Nova Iorque, mas também do mundo, especialmente para os fãs de Frank Lloyd Wright. Mas a arte no seu interior não é menos impressionante: originais intemporais de Monet, Kandinsky, e Picasso enfeitam as paredes circulares e há sempre uma exposição temporária emocionante de obras contemporâneas.

Talvez a exposição permanente mais famosa no Museu Guggenheim seja a Galeria Thannhauser. Justin K. Thannhauser era o filho de um negociante de arte e trabalhou com seu pai para construir uma galeria impressionante, que exibe trabalhos de arte impressionista e pós-impressionista. Thannhauser perpetuou seu entusiasmo pela grande arte por meio da abertura de duas galerias, na primeira promovendo a primeira grade obra de Picasso. As visões de Solomon Guggenheim e Thannhauser foram semelhantes, e Thannhauser generosamente doou a maioria de sua coleção (que incluiu mais de 30 originais Picasso) para o museu. Após sua morte, o resto da sua coleção tornou-se parte do Museu Guggenheim.

Saiba Antes de Visitar
No Museu Guggenheim, criar novas exposições em um espaço onde grande parte da galeria é centralizada pode ser uma tarefa difícil. Quando isso acontece, peças muitas vezes são removidas ou ficam inacessíveis enquanto a nova exposição é montada. Sempre visite o site para se manter atualizado sobre as exposições atuais e futuras. Há áudio tours auto-guiados disponíveis para os visitantes que desejem explorar o museu com informações interessantes à mão. O Solomon Guggenheim Musem fica fechado às quintas-feiras.

Mar Intrépido, Museu do Ar & Espaço

O Intrepid é um museu agora, mas, quando era um porta-aviões, ele lutou e sobreviveu à Segunda Guerra Mundial, à Guerra Fria, e à Guerra de Vietnã, e até mesmo serviu como um navio de resgate da NASA. Como um museu, o Intrepid dá aos visitantes uma visão em primeira mão das aeronaves que permitiram aos seres humanos voar pelos céus do planeta Terra e além.

Fato Curioso
O USS Intrepid Intrepid é muitas vezes considerado o navio mais vitorioso da história dos EUA, sobrevivendo a inúmeros ataques (inclusive um ataque de torpedo). O honorável Intrepid foi salvo da demolição em 1974, quando um cidadão defendeu o porta-aviões veterano de batalha e lutou para que pudesse ser transformado em um museu, de forma que qualquer pessoa pudesse entender e honrar a sua importância na história dos EUA.

Ele também serviu como quartel general temporário para as investigações do FBI sobre os ataques de 11 de setembro em New York.

O que Fazer:
Apesar de o Intrepid possuir muitas embarcações marítimas e exibições educativas sobre o fundo do mar e o espaço sideral, muitos visitantes têm curtido bastante um passeio no porta-aviões em si. O convés de voo contém mais de duas dúzias de aviões restaurados. O hangar leva os visitantes para o período de tempo em que o Intrepid foi mais ativo, com imagens históricas, exposições interativas e artefatos autênticos.

Há dezenas de exposições permanentes no Intrepid para fãs de exploração espacial, exploração marítima profunda e navios militares americanos. Fãs da NASA vão adorar visitar o Space Shuttle Enterprise,a nave que abriu o caminho para o programa de ônibus espaciais dos EUA. O submarino anteriormente “ultra-secreto”, USS Growler, é o único submarino americano de mísseis guiados acessível ao público que mostra como era a vida na Marinha debaixo d'água. Há também diferentes simuladores de voo disponíveis (bilhete extra necessário) para que você possa sentir como é pilotar um jato supersônico.

Saiba Antes de Ir
Há vários tours guiados para aprimorar a sua experiência no Intrepid Museum. O tour guiado no Space Shuttle Enterprise levará os visitantes a uma experiência profunda por dentro do primeiro ônibus espacial. Cada novo tour adiciona um novo nível de interação com cada ônibus espacial, avião e barco, e por apenas $15 por tour. Antes de ir, baixe a aplicativo do Intrepid Museum e explore ainda mais o ônibus espacial Enterprise com aventuras interativas destraváveis.

9/11 Memorial Museum

O National September 11 Memorial Museum no World Trade Center presta um tributo aos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001 e 26 de fevereiro de 1993, onde cerca de 3.000 vidas foram perdidas, incluindo aqueles que morreram salvando outras pessoas.

A exposição Beyond Ground Zero mostra uma coleção de fotografias e obras de arte que culminaram nos dias após o ataque. O patriotismo na coleção é inspirador, lembrando os visitantes que, mesmo após a tragédia, uma nação pode permanecer unida. Há muitas exibições dentro do museu que irradiam intensidade emocional, proporcionando um memorial solene.

O que Fazer
Embora os ataques tenham ocorrido em Nova York, vidas de 90 países diferentes foram perdidas, tornando o The Memorial uma obrigação para quem visita a cidade de Nova York. Dois espelhos d'água situam-se onde as Torres Gêmeas ficavam, com duas cascatas artificiais nas quais estão inscritos os nomes das vítimas de ambos os ataques de 1993 e 2001. Este memorial é um tributo comovente e profundamente emocionante em homenagem às vítimas, com a tranquilidade que os corpos de água inspiram.

A "Survivor Tree" é uma árvore pereira-de-jardim que foi descoberta severamente danificada, mas viva no Ground Zero. Foi removida e reabilitada, e agora está no Memorial como um símbolo de esperança. Os visitantes também poderão ver a "Last Column", um muro alto de 11 metros, coberto de lembranças, inscrições memoriais, e cartazes de pessoas desaparecidas nos dias seguintes aos ataques.

O Memorial é gratuito e aberto diariamente. O Museu está incluído no seu talão citypass.

Informações para antes da viagem
Existem múltiplos tours em que você pode participar no 9/11 Memorial & Museum. O "Understanding 9/11" tour leva os visitantes através de um tour de 60 minutos que examina o impacto que o onze de setembro teve sobre a nação norte-americana e o mundo. Há também um tour pela manhã, no qual os visitantes são guiados através do museu antes do horário de abertura. Para uma experiência mais personalizada, os visitantes podem baixar o aplicativo 9/11 Museum Audio Guide, que permite-os ouvir as histórias de sobreviventes ou pessoas afetadas pelos ataques de onze de setembro. O Museu está aberto das 9h00h às 21:00h de sexta-feira e sábado e das 9h00h às 20:00h de domingo à quinta-feira.

Museu da Imigração Ellis Island

Um símbolo da imigração americana, o Ellis Island Museu da Imigração é parte do Statue of Liberty National Monument e está sob os cuidados do National Parks Service. Os visitantes podem passar horas aprendendo sobre a história de Ellis Island antes, durante e após a sua utilização como estação de imigração dos Estados Unidos.

Ellis Island e o Immigration Museum são atrações imperdíveis em NYC, mas, mais importante, Ellis Island é um destino universal para viajantes de todo o mundo. Quase metade dos americanos podem, ao traçar a sua história familiar, encontrar pelo menos uma pessoa em sua árvore genealógica que passou pelo Port of New York, em Ellis Island. Ellis Island é uma das principais responsáveis pela miscelânea cultural distinta e diversificada dos Estados Unidos.

Fato Curioso
Os primeiros imigrantes a chegar em Ellis Island foram três menores de idade sem acompanhamento de adultos.

No Primeiro de Ano de 1892, Annie Moore, uma adolescente de 17 anos de County Cork, Irlanda, e seus dois irmãos mais novos puseram os pés em Ellis Island prontos para se reunir com sua família em NYC. Um funcionário do Tesouro dos Estados Unidos e um capelão católico acolheram Annie e seus irmãos de braços abertos, concedendo a ela uma peça de ouro de $10 para marcar o primeiro grupo de muitos imigrantes que inevitavelmente percorreriam o caminho para a América. Agora, você pode ver a estátua de Moore e seus irmãos no Museu, que agora são símbolos da rica história da imigração de Ellis Island.

O que Ver
Uma viagem a NYC não é exatamente a mesma sem um olhar em primeira mão sobre os 151 pés de altura da Statue of Liberty segurando sua tocha com orgulho contra os céus. Um ícone americano estacionado em Ellis Island, Lady Liberty é o primeiro "rosto" que muitos imigrantes viram quando entraram nos Estados Unidos. Hoje, você pode testemunhar e ouvir as histórias dos imigrantes que vieram a este país há muitos anos com a esperança de uma vida melhor.

O primeiro andar do museu apresenta a histórica sala da bagagem e exposições introdutórias sobre a imigração para os Estados Unidos. A exposição Journeys explora o início da história da imigração antes de Ellis Island abrir como uma estação de imigração e desde a "nova era" de 1945 até o presente.

O Registry Room ou "Great Hall" fica no segundo andar. Suas grandes janelas em arco oferecem hoje um espaço calmo e bem iluminado, mas para os imigrantes muitas vezes era um espaço barulhento e confuso. O Registry Room foi reconstruído na aparência que tinha em 1918-1924, incluindo os diversos bancos de madeira originais.

Os numerosos dormitórios de Ellis Island lotavam quase todas as noites com os imigrantes que eram temporariamente detidos. Os visitantes podem ver estes quartos no terceiro andar, reconstruídos na aparência que tinham em 1908.

O Park Ranger Tour é popular entre os visitantes de Ellis Island porque ele os leva a uma viagem imersiva de 35 a 40 minutos através das vidas de muitos imigrantes que assumiram o risco de deixar suas casas e começar uma nova vida. Um Guarda Floresta do National Park Service guia os tours a pé pelo museu.

Além do National Park Service Ranger tour, o Hard Hat tour do museu é um tour guiado a pé de 90 minutos que levará os visitantes a áreas selecionadas dos 750 leitos do Ellis Island Hospital, incluindo alas de doenças infecciosas e contagiosas, cozinha, mortuário e sala de autópsia.

Uma exposição que captura a realidade da migração é o World Migration Globe. Este globo enorme traça os padrões de migração ao redor do mundo e por toda a história, dando aos visitantes um verdadeiro olhar sobre a rica história da Ellis Island e seus numerosos visitantes. A American Flag of Faces é uma colagem interativa e animada composta pelos rostos de indivíduos e famílias que, por meio da imigração, se tornaram parte da história americana. A coleção de fotografias foi montada para parecer a bandeira americana.

O filme gratuito, Island of Hope, Island of Tears, é uma grande representação visual do início da imigração e uma bela maneira de enriquecer o seu tour de Ellis Island. Muitos imigrantes não tiveram uma transição fácil, mas buscavam independência e liberdade em solo americano, para escapar da turbulência, da guerra ou da pobreza de seus próprios países.

Saiba Antes de Ir
O primeiro barco sai às 8:30 da manhã e um novo barco parte a cada 30-45 minutos durante todo o dia. Menores de idade têm de ser acompanhados por um adulto para embarcar na balsa. Reserve pelo menos cinco a seis horas para explorar por completo tanto Liberty Island quanto Ellis Island, e pelo menos duas horas se for visitar apenas uma das ilhas. Com o New York CityPASS você terá um tour de áudio em cada ilha. Crown Tickets estão disponíveis para compra (reservar com antecedência, pois eles se esgotam muito rápido) e Monument access passes estão disponíveis gratuitamente em número limitado para aqueles que chegarem primeiro.

Nas proximidades, há uma série de outros locais de parques nacionais, como Castle Clinton National Monument em Battery Park, que historicamente serviu como uma estação de processamento de imigrantes, um aquário, e, finalmente, um forte reconstruído.

MoMA

O Museu de Arte Moderna, muitas vezes chamado de MoMA, é a casa de uma das mais prestigiadas coleções de arte moderna e contemporânea do mundo. MoMA tem seis andares e nunca é o mesmo museu visto duas vezes.

Curiosidade
O Artista Robert Rauschenberg usou uma taxidermia de águia careca numa colagem de meios mistos de 1959 intitulada "Canyon". Infelizmente para ele, as águias carecas estão sob proteção federal estrita e o proprietário mais recente de sua obra foi proibido de vendê-la legalmente. A peça era de US $ 65 milhões, o que teria significado quase US $ 30 milhões em impostos e outros US $ 11 milhões em multas. Assim sendo, o governo concordou em deixar de lado o problema, desde que a peça fosse dada a um museu, onde seria exibida ao público. E assim, "Canyon" e a águia careca residem agora na Galeria 17 do MoMA.

O que fazer
O que torna o MoMA tão ótimo tanto para os moradores locais quanto para os turistas é o fato de que há sempre algo novo para ver. Todas as exposições temporárias estão vinculadas a um tema central, e todas são singulares.

MoMA realiza um excelente trabalho de apresentação de novos artistas, peças inovadoras e exposições originais de meios mistos, mas são os clássicos que sempre atraem as multidões. Os visitantes adoram as grandes obras de Monet, Picasso, Pollack, Rothko, e a surpreendente "Noite Estrelada", de Van Gogh, bem como muitas outras. Essas pinturas famosas, vistas inúmeras vezes na internet e em livros didáticos, são completamente diferentes quando experienciadas presencialmente.

Visite a Abby Aldrich Rockefeller Sculpture Garden no pátio ao ar livre de dois andares, sente-se para ver uma exibição de filmes, ou veja uma palestra gratuita sobre a galeria. E não deixe de visitar o The Modern, restaurante fino do MoMA, ou o The Bar Room, onde você encontrará cardápios sazonais.

Informações para antes da viagem
MoMA está aberto sete dias por semana das 10:30 - 17:30. Para todas as exposições e filmes especiais, os preços estão incluídos na admissão geral, mas os visitantes deverão obter ingressos de cinema separados. Os ingressos de cinema começam a ser vendidos duas semanas antes da exibição, mas não se atrase - você não poderá entrar caso passe o limite de 15 minutos de atraso. Saiba mais sobre as próximas e atuais exposições baixando o aplicativo móvel do MoMA e construa sua própria "multimedia tour" também.

Whitney Museum of American Art

Por alguma razão, a fama tem a tendência de encontrar artistas após a morte. Mas o Whitney Museum of American Art, em Nova York, faz da sua missão mostrar e promover o trabalho de artistas vivos. Assim como MoMA, o Whitney Museum apresenta obras contemporâneas de artistas vivos, mas mantém um foco específico nos artistas americanos com os quais muitos visitantes podem se relacionar.

Fato Engraçado
A fundadora Gertrude Vanderbilt Whitney foi inspirada a iniciar o seu próprio museu, quando o Met rejeitou a sua doação de quase 700 obras.

O que fazer
O Whitney é especializado em arte contemporânea do século XX. Há muito para ver e as coleções são frequentemente atualizadas com novos trabalhos de artistas vivos americanos. O Whitney continua a ser o museu que traz a arte da vanguarda para as pessoas. As coleções Whitney vivem num espaço totalmente novo que abriu ao público em maio de 2015. Com mais espaço da galeria, há mais exposições o tempo inteiro.

A exibição Interesse Humano: Retratos da Coleção Whitney mostra obras do início do século 20 até agora, e reflete sobre as mudanças na arte do retrato. É uma coleção cuidadosa de obras de artistas conhecidos e menos conhecidos que capta a longevidade das emoções humanas através de retratos de diferentes períodos de tempo. Essa coleção interessante e relevante também examina o relacionamento da tecnologia com o retrato, como a fotografia turnou possível que retratos sejam criados e reproduzidos com facilidade.

Quase todo artista presente no Whitney começou como um desconhecido. Mas as obras que permitiram ao Whitney florescer ainda estão presentes nas suas paredes brancas minimalistas até este dia. Alexander Calder e as suas delicadas esculturas, Cindy Sherman e a sua fotografia conceitual e muitos outros artistas continuam a fazer declarações marcantes nas galerias do Museu Whitney de Arte Americana.

Informações antes de você ir
Você pode economizar dinheiro na admissão, ao comprar os seus bilhetes on-line na noite antes de você chegar. O museu fica fechado às terças-feiras e abre das 10:30 às 18:00 todos os dias, exceto às sextas-feiras e sábados, quando o museu fica aberto até as 22:00. As visitas são gratuitas todos os dias e não requerem reservas. Guias multimídia estão disponíveis para compra.

Se você estiver procurando visitar esses museus de Nova York de alto nível, considere o uso do New York CityPASS. Você vai economizar quase metade das taxas de entrada combinadas para alguns dos principais museus e atrações turísticas em Nova York. Titulares do CityPASS também podem evitar a maioria das filas de ingressos. New York CityPASS inclui a admissão ao Empire State Building, O Metropolitan Museum of Art e o American Museum of Natural History, bem como três bilhetes de opção que dão direito aos viajantes a uma escolha entre a Estátua da Liberdade e a Ellis Island ou a Circle Line Sightseeing Cruise ,entre o Museu Guggenheim ou o Top of the Rock® e entre o 9/11 Memorial & Museum ou o Intrepid Sea, Air & Space Museum. Algumas exposições especiais não estão incluídas com o CityPASS e podem requerer uma taxa extra.

CityPASS pode ser comprado online ou em qualquer uma das atrações participantes de Nova Iorque. Use New York CityPASS e descobra os melhores museus e coisas para fazer em Nova York.

Crédito da Foto: Whitney Museum

CityPASS Cidade de Nova York
Produtos CityPASS Cidade de Nova York têm uma classificação média de 4,55/5 a partir de 8,702 avaliações.